FIQUE SABENDO! / Avião que levava time da Chapecoense para final da Sul-Americana cai na Colômbia; há sobreviventes

O avião que levava o time da Chapecoense sofreu um acidente na madrugada desta terça-feira (29), na Colômbia, com 81 pessoas a bordo, sendo 72 passeiros e nove tripulantes. Entre as pessoas que estavam na aeronave, havia jogadores, dirigentes esportivos e jornalistas.  
Chapecoense enfrentaria o Atlético Nacional de Medellín pela final da Copa Sul-Americana. Foto: REPRODUÇÃO TWITTER
Oficialmente, a Aeronáutica Civil da Colômbia disse que 75 pessoas morreram e seis foram encaminhadas a hospitais com ferimentos. Já a Cruz Vermelha informou que já foram resgatados 60 corpos.

Os sobreviventes são: Ximena Suárez, comissária de voo (Clínica Sommer), Erwin Tumiri, técnico da aeronave (Clínica Sommer) - ambos atendidos na Clínica Somer de Rionegro -, o lateral Alan Ruschel (Hospital de la Ceja), o goleiro Jackson Follmann (Fundação São Vicente), o zagueiro Hélio Hermito Zampier Neto e o jornalista Rafael Henzel (Hospital de la Ceja).
O outro arqueiro da Chape, Marcos Danilo Padilha, herói da classificação para a final da Sul-Americana, chegou a ser levado ao hospital da Fundação San Vicente, mas não resistiu aos ferimentos e faleceu.
O avião era um British Aerospace 146 gerenciado pela companhia boliviana Lamia. Ele teria desaparecido do radar e feito um pouso forçado, devido a uma falha elétrica, em Cerro Gordo, nas proximidades da cidade de La Unión.

Fontes locais dizem que a aeronave estava a apenas cinco minutos de voo do aeroporto mais próximo, mas o piloto decidiu arriscar o pouso antes. Ele teria, inclusive, esvaziado os tanques de combustível para evitar uma explosão. Outra possibilidade é que o combustível tenha acabado, provocando o acidente.

O avião, que havia decolado de Santa Cruz de la Sierra, na Bolívia, tinha como destino final o município colombiano de Medellín, onde a Chapecoense disputaria a final da Copa Sul-Americana, contra o Atlético Nacional, amanhã à noite. Seria a primeira decisão internacional da equipe de Santa Catarina.

O avião caiu em uma zona de difícil acesso, montanhosa, e são necessários carros 4x4 para chegar até o local. Além disso, chove desde a madrugada na região do acidente.

O secretário-geral da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), Walter Feldman, confirmou o adiamento da última rodada da Série A, que seria no próximo fim de semana, por conta do acidente.

Em entrevista ao "UOL Esporte", o cartola disse que não há clima para realizar partidas no país. "Uma semana sem nada, e nada a pensar fora disso", declarou. Segundo Feldman, a rodada final do Brasileiro será no dia 11 de dezembro.

Já o segundo confronto entre Grêmio e Atlético-MG pela decisão da Copa do Brasil foi transferido de 30 de novembro para 7 de dezembro.
Por sua vez, a Conmebol anunciou no Twitter o cancelamento da partida prevista para amanhã e de “todas as atividades da confederação, até novo aviso”.

Passageiros
Ao menos 22 jogadores da Chapecoense estavam no avião, mas sobreviveram apenas o goleiro Jackson Follmann, o lateral Alan Ruschel e o zagueiro Neto. Todo o restante morreu na tragédia. Inicialmente, o defensor não estava na lista de sobreviventes, mas foi encontrado com vida assim que amanheceu na zona da tragédia. Já o arqueiro Danilo morreu no hospital.

As outras vítimas confirmadas do elenco são os laterais Giménez, Dener e Caramelo; os zagueiros Marcelo, Filipe Machado e Thiego; os meio-campistas Josimar, Gil, Sérgio Manoel, Matheus Biteco, Cleber Santana e Arthur Maia; e os atacantes Kempes, Ananias, Lucas Gomes, Tiaguinho, Bruno Rangel e Canela.

Alguns atletas não embarcaram com a delegação, como Neném, Hyoran, Martinucico, Nivaldo, Rafael Lima e Demerson, que não vinham sendo usados pelo técnico Caio Júnior, que também faleceu. O prefeito de Chapecó, Luciano Buligon, estava na lista de convidados do clube, mas não viajou.

Entre os 72 passageiros, além dos 22 jogadores, havia 18 membros da comissão técnica, oito da diretoria, três convidados, incluindo o vice-presidente da CBF e presidente da Federação Catarinense de Futebol, Delfim Peixoto Filho, e 21 representantes da imprensa, inclusive o ex-jogador e ex-técnico Mário Sérgio, comentarista dos canais "Fox Sports".

Follman teve perna amputada
Um dos seis sobreviventes da queda do avião que levava a delegação da Chapecoense, o goleiro Jackson Follmann, teve uma das pernas amputadas após o acidente, informam os meios de comunicação da Colômbia.

Segundo informação do médico Guillermo Molina à rádio "La Red", o goleiro Danilo, que havia sido resgatado com vida, não resistiu aos ferimentos e faleceu horas depois de chegar ao hospital.

Confira a lista (ainda não completa) de passageiros do voo:

Atletas:
1. Danilo
2. Gimenez
3. Bruno Rangel
4. Marcelo
5. Lucas Gomes
6. Sergio Manoel
7. Filipe Machado
8. Matheus Biteco
9. Cleber Santana
10. Alan Ruschel
11. William Thiego
12. Tiaguinho
13. Neto
14. Josimar
15. Dener
16. Gil
17. Ananias
18. Kempes
19. Follmann
20. Arthur Maia
21. Mateus Caramelo
22. Aílton Canela

Comissão técnica:
22. Caio Júnior
23. Duca
24. Pipe Grohs
25. Anderson Paixão
26. Anderson Martins
27. Dr. Marcio
28. Gobbato
29. Cocada
30. Serginho
31. Adriano
32. Cleberson Silva
33. Maurinho
34. Cadu
35. Chinho di Domenico
36. Sandro Pallaoro
37. Cezinha
38. Giba

Diretoria:
39. Nilson Folle Júnior
40. Decio Burtet Filho
41. Edir de Marco
42. Ricardo Porto
43. Mauro dal Bello
44. Jandir Bordignon
45. Dávi Barela Dávi
Convidados:
46. Delfim Peixoto Filho

Imprensa:
47. Victorino Chermont
48. Rodrigo Gonçalves
49. Devair Paschoalon
50. Lilacio Júnior
51. Paulo Clement
52. Mario Sergio Paiva
53. Guilher Marques
54. Ari Júnior
55. Guilherme Laars
56. Giovane Klein
57. Bruno Silva
58. Djalma Neto
59. Adré Podiacki
60. Laion Espindula
61. Rafael Henzel
62. Renan Agnolin
63. Fernando Schardong
64. Edson Ebeliny
65. Gelson Galiotto
66. Douglas Dorneles
67. Jacir Biavatti

Governo brasileiro
O presidente Michel Temer afirmou que a aeronáutica brasileira e o Ministério das Relações Exteriores foram acionados para tratar a tragédia aérea.

"O governo fará todo o possível para aliviar a dor dos amigos e familiares do esporte e do jornalismo nacional. #ForçaChape", escreveu o peemedebista no Twitter.

"Estamos colocando todos os meios para auxiliar familiares e dar toda a assistência possível. A aeronáutica e o Itamaraty já foram acionados", informou o presidente, ressaltando que "expressa sua solidariedade nesta hora que a tragédia se abate sobre dezenas de famílias brasileiras".

O Brasil enviou para a Colômbia um avião com autoridades e familiares das vítimas. Os corpos deverão ser repatriados neste mesmo voo.

Já a ex-presidente Dilma Rousseff usou seu perfil no Twitter para lamentar o acidente. "Foi com grande pesar que recebi a notícia do acidente com o avião que transportava atletas da Chapecoense, jornalistas e tripulantes. Às famílias brasileiras atingidas por essa tragédia, presto minhas condolências e solidariedade. Estamos unidos nesse momento difícil", escreveu a petista.

Dilma ainda disse que é preciso "reverenciar a memória dos nossos esportistas que trouxeram tanto orgulho e alegria aos brasileiros".

Atletico Nacional
O presidente do Atletico Nacional, Juan Carlos de la Cuesta, prestou solidariedade ao Chapecoense. Em entrevista à rádio Caracol, de la Cuesta disse que prestará toda a ajuda que a Chapecoense desejar “neste momento de dor”. O dirigentes contou também que ainda não conversou com ninguém do time brasileiro. Por: Ansabrasil.com.br
A defesa civil colombiana divulgou as primeiras imagens do acidente com o avião que levava a delegação da Chapecoense.
Equipes de resgate e os destroços do avião. Foto do jornal El Tiempo, da Colômbia
O jogador Alan Ruschel, da Chapecoense, trasladado para o Hospital San Juan de Dios, de Medellín (Colômbia) do local do acidente de aviao. LUIS EDUARDO NORIEGA A. EFE

Por: www.bocaonews.com.br
top ads

Nenhum comentário:

Obrigado pelo seu comentário. A área de comentários visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria e não troca de ofensas entre leitores. Comentários anônimos e com tons ofensivos, preconceituosos e que que firam a ética e a moral não serão liberados.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site Val Bahia News.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS DE VÁRZEA DA ROÇA

[VÁRZEA DA ROÇA][grids]

ÚLTIMAS NOTÍCIAS DA REGIÃO

[REGIÃO][stack]

ÚLTIMAS NOTÍCIAS DA POLÍTICA

[POLÍTICA][grids]

ÚLTIMAS NOTÍCIAS DO ESPORTE

[ESPORTE][stack]

NOTÍCIAS EM DESTAQUE

[DESTAQUE][btop]