POLÍTICA / Geddel demorou para pedir demissão por conta de foro privilegiado, diz jornal

Ex-ministro pode cair nas mãos do juiz Sérgio Moro
O baiano Geddel Vieira Lima (PMDB) pediu demissão do cargo de ministro da Secretaria de Governo nesta sexta-feira (25), mas segundo a coluna de Monica Bergamo, da Folha de São Paulo, não estava nos planos de Geddel ficar sem o chamado foro privilegiado – quando uma autoridade pode ser julgada somente pelo Supremo Tribunal Federal (STF).

De acordo com a publicação, Geddel relutou em pedir demissão justamente para não correr o risco de ficar sem foro e cair nas mãos do juiz Sérgio Moro, responsável pela Operação Lava Jato em Curitiba. Como se sabe, Geddel foi citado nas delações da Odebrecht e da OAS.

Por: varelanoticias.com.br / Foto: Reprodução
top ads

Nenhum comentário:

Obrigado pelo seu comentário. A área de comentários visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria e não troca de ofensas entre leitores. Comentários anônimos e com tons ofensivos, preconceituosos e que que firam a ética e a moral não serão liberados.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site Val Bahia News.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS DE VÁRZEA DA ROÇA

[VÁRZEA DA ROÇA][grids]

ÚLTIMAS NOTÍCIAS DA REGIÃO

[REGIÃO][stack]

ÚLTIMAS NOTÍCIAS DA POLÍTICA

[POLÍTICA][grids]

ÚLTIMAS NOTÍCIAS DO ESPORTE

[ESPORTE][stack]

NOTÍCIAS EM DESTAQUE

[DESTAQUE][btop]