FIQUE SABENDO! / Ódio: Pessoas torcem pela morte de Dona Marisa após AVC

Centenas de internautas pedem a morte de Marisa Letícia após ex-primeira dama dar entrada em hospital com quadro de AVC hemorrágico. Reação reflete o nível de desumanidade e ódio extremo que permeiam o debate político no Brasil
Marisa Letícia, esposa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), sofreu um acidente vascular cerebral (AVC) hemorrágico e foi internada nesta terça-feira (24) no Hospital Sírio-Libanês, no Centro de São Paulo.

Ela passou por um procedimento de emergência que durou cerca de duas horas e a hemorragia foi contida, segundo os médicos.

De acordo com o Dr. Roberto Kalil Filho, chefe da equipe médica que atende a ex-primeira-dama, ela já tinha um aneurisma, uma veia cerebral com malformação, diagnosticada há cerca de dez anos. Não havia, na época, indicação cirúrgica, mas apenas de acompanhamento clinico. Segundo ele, foi esse aneurisma que se rompeu. Kalil disse ainda que uma crise hipertensiva “provalmente pode ter rompido o aneurisma”.

Ódio
A notícia de que Marisa Letícia havia sofrido um AVC começou a percorrer os portais de notícias e as redes sociais no início da tarde. A partir daí, as reações foram intensas, desde mensagens de apoio até manifestações desprovidas de qualquer senso de humanidade.

As mensagens de ódio, em sua maioria, foram registradas nas caixas de comentários dos portais da grande mídia, como o G1 (grupo Globo) e o UOL (grupo Folha).
Em uma breve passagem por estes espaços, é possível perceber que os comentários raivoso não são episódios isolados.

Curiosamente, muitos dos perfis autores destas mensagens ou seus apoiadores são pessoas que se dizem cristãs, defensoras da ‘família’ e divulgam imagens religiosas.
AVC de dona Marisa
Dona Marisa passou mal em casa, mas demorou a procurar atendimento. Foi levada inicialmente para o hospital Assunção, em São Bernardo do Campo.

De lá, foi levada para o Sírio-Libanês, onde chegou por volta das 15h30 com diagnóstico de AVC. Ela foi levada diretamente para o setor de emergência. Os médicos sedaram e colocaram a ex-primeira-dama em um respirador mecânico.

Os médicos iniciaram uma arteriografia cerebral para detectar a localização da hemorragia. Eles introduziram um cateter pela virilha que vai até a região afetada e solta um balãozinho para estancar o sangramento. É o que se chama de embolização.

O procedimento começou antes das 18h e terminou por volta das 20h. Eles introduziram um cateter e conseguiram estancar a hemorragia. O ex-presidente Lula acompanhou todo o procedimento com a mulher. Ele estava em um evento com metalúrgicos em São Bernardo do Campo e, após saber do AVC de Marisa Letícia, Lula foi para o Sírio-Libanês.

A ex-primeira dama é hipertensa. “O paciente hipertenso tem que se cuidar. No dia a dia a sua pressão varia, mas ela teve um quadro de crise hipertensiva e isso provavelmente rompeu o aneurisma”, disse Kalil.

Segundo Kalil, foi feito o estancamento do sangramento e corrigido o defeito na artéria da paciente. Ele afirmou que o estado clínico de Marisa Letícia é estável. “Ela está sedada e nas próximas horas vamos começar a retirar a sedação”, afirmou o médico.

Mais imagens:

Por: www.pragmatismopolitico.com.br
top ads

Nenhum comentário:

Obrigado pelo seu comentário. A área de comentários visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria e não troca de ofensas entre leitores. Comentários anônimos e com tons ofensivos, preconceituosos e que que firam a ética e a moral não serão liberados.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site Val Bahia News.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS DE VÁRZEA DA ROÇA

[VÁRZEA DA ROÇA][grids]

ÚLTIMAS NOTÍCIAS DA REGIÃO

[REGIÃO][stack]

ÚLTIMAS NOTÍCIAS DA POLÍTICA

[POLÍTICA][grids]

ÚLTIMAS NOTÍCIAS DO ESPORTE

[ESPORTE][stack]

NOTÍCIAS EM DESTAQUE

[DESTAQUE][btop]