POLÍTICA / Reviravolta: Coronel consegue fortes apoios e reeleição de Nilo fica difícil na Assembleia

O crescimento da candidatura do deputado estadual Angelo Coronel (PSD) para a presidência da Assembleia Legislativa da Bahia (Alba) provocou uma reviravolta no cenário político do estado. O pleito desta quarta-feira (1), além de ter as energias fervorosas de Yemanjá, também deve esquentar e pode tirar o deputado Marcelo Nilo (PSL) – atual presidente – do posto depois de cinco mandatos à frente da Casa. Dessa vez, é possível que nem o Palácio de Ondina, com toda a influência de Rui Costa (PT), poderá tirar a derrota das hostes de experiente Nilo. Ao menos é o que vem desenhando a imprensa da Bahia nessas últimas 48h antes do pleito.
Marcelo Nilo garante que ganha e Angelo Coronel entrou na onda e disse que vai ter 50 votos / Foto: Montagem do JC
A última notícia bombástica, é que Nilo teria desistido da candidatura, vendo que teria perdido votos da oposição e da própria base do governo Rui, já que o PCdoB, PP, PDT e PSD estão dialogando entre si para compor a nova Mesa Diretora. O até então presidente da Alba, entretanto, não deixou barato e já negou que pudesse retirar candidatura. Ao site Bahia Notícias, nesta terça-feira (31), Nilo negou os boatos de que poderia deixar a disputa. “Jamais, isso não existe. Isso é impossível. Eu vou ganhar, pode ter certeza”, garantiu. As informações dão conta de sua renuncia à candidatura à presidência da Casa.
O deputado Coronel ganha o apoio de 19 dos 22 parlamentares da oposição / Foto: Divulgação
Por outro lado, Angelo Coronel, com o apoio do senador Otto Alencar (PSD-BA), e do vice-governador João Leão (PP), tem ido para a imprensa dizer que chegará aos 50 votos na disputa com Nilo. Com provocações, o deputado do PSD diz, em entrevista ao programa Se Liga Bocão, na Itapoan FM, nesta terça, que vai ganhar com ampla maioria. “São deputados que estão fazendo esse balanço. Tudo é possível até amanhã [quarta] à tarde [quando será a votação]. Estamos reunidos para montar a Mesa Diretora da Casa”. Coronel teve apoio formal do PCdoB, e de 19 nomes dos 22 da bancada de oposição, além de deputados do PP.

A oposição entende que chegou a hora de fazer a alternância no Poder Legislativo e permitir que outro parlamentar tenha a oportunidade de assumir o cargo”, disse o líder Sandro Régis (DEM) – que já a partir desse início de fevereiro passa a liderança para o peemedebista Leur Lomanto Jr. O atual e futuro líder da oposição também ressaltaram a valorosa contribuição do prefeito de Salvador ACM Neto (DEM), “cuja participação no processo de discussão da escolha do novo presidente da Alba foi decisiva para a unidade da bancada”.

Por: jornaldachapada.com.br, com informações de Assessoria, do Bahia Notícias e do Bocão News
top ads

Nenhum comentário:

Obrigado pelo seu comentário. A área de comentários visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria e não troca de ofensas entre leitores. Comentários anônimos e com tons ofensivos, preconceituosos e que que firam a ética e a moral não serão liberados.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site Val Bahia News.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS DE VÁRZEA DA ROÇA

[VÁRZEA DA ROÇA][grids]

ÚLTIMAS NOTÍCIAS DA REGIÃO

[REGIÃO][stack]

ÚLTIMAS NOTÍCIAS DA POLÍTICA

[POLÍTICA][grids]

ÚLTIMAS NOTÍCIAS DO ESPORTE

[ESPORTE][stack]

NOTÍCIAS EM DESTAQUE

[DESTAQUE][btop]