MEIO AMBIENTE / Moradores denunciam crime ambiental e poluição em rio de Lençóis; Embasa explica situação

Moradores de Lençóis, município da Chapada Diamantina, entraram em contato com o Jornal da Chapada para denunciar o despejo do esgoto da cidade no rio homônimo que corta sua extensão. Conforme fotos enviadas e vídeos nas redes sociais, os peixes que habitam o rio estão morrendo muito rápido. Segundo os moradores, o problema acontece há dias e ainda não teve solução. Eles pedem que o Instituto do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Inema) vá ao local para realizar uma análise da água.
De acordo com a Embasa, “a inexistência de rede de drenagem pluvial no município agrava ainda mais a situação, pois todo o volume de água de chuva na cidade é lançado indevidamente na rede de esgoto / FOTO: Divulgação/ Janio Gleidson Rocha
A reportagem do Jornal da Chapada procurou a Empresa Baiana de Água e Saneamento (Embasa) em Itaberaba, que atende esta área, e o engenheiro de operação Elvilson Teles afirmou que o ocorrido se deve a uma obstrução na rede de esgoto, o que fez parte desse resíduo ser despejado na água do rio sem o tratamento comum. Conforme Teles uma equipe de Feira de Santana e de Itaberaba foi ao local assim que soube do fato para realizar o serviço de desobstrução e fazer com que o esgoto seja tratado novamente e lançado dessa forma pelo emissário.
Moradores de Lençóis pedem que o Instituto do Meio Ambiente e Recursos Hídricos vá ao local para realizar uma análise da água / FOTO: Montagem do JC/ Janio Gleidson Rocha
O Jornal da Chapada também entrou em contato com a central da Embasa em Salvador, e foi atendido nesta sexta-feira (3). A empresa informa que concluiu na última quinta-feira (2), o serviço de desobstrução de trechos da rede coletora de esgoto em vários pontos da cidade de Lençóis. “Desde segunda-feira (27), quando iniciaram o serviço, técnicos da empresa encontraram nas tubulações grande quantidade de areia e lixo, incluindo garrafas PET e roupas, o que caracteriza o mau uso da rede, que é dimensionada apenas para coletar os esgotos domésticos”, aponta nota enviado ao periódico pela Gerência de Comunicação Social da Embasa.

De acordo com as informações, “a inexistência de rede de drenagem pluvial no município agrava ainda mais a situação, pois todo o volume de água de chuva na cidade é lançado indevidamente na rede de esgoto”. A empresa também informa que “com as últimas chuvas ocorridas na região, a rede de esgoto operada pela Embasa recebeu uma grande quantidade de água e lixo, que ocasionou as obstruções e comprometeu o funcionamento do sistema”.

A empresa esclarece que os serviços de operação, coleta, transporte, tratamento e disposição final dos esgotos sanitários do Sistema de Esgotamento Sanitário [SES] de Lençóis são devidamente executados de acordo com a legislação vigente. Além de realizar a desobstrução, a empresa está adotando outras medidas, como lavagem de toda a rede e vistoria em todos os equipamentos, incluindo registros e ventosas”.

Por: Jornal da Chapada
top ads

Nenhum comentário:

Obrigado pelo seu comentário. A área de comentários visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria e não troca de ofensas entre leitores. Comentários anônimos e com tons ofensivos, preconceituosos e que que firam a ética e a moral não serão liberados.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site Val Bahia News.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS DE VÁRZEA DA ROÇA

[VÁRZEA DA ROÇA][grids]

ÚLTIMAS NOTÍCIAS DA REGIÃO

[REGIÃO][stack]

ÚLTIMAS NOTÍCIAS DA POLÍTICA

[POLÍTICA][grids]

ÚLTIMAS NOTÍCIAS DO ESPORTE

[ESPORTE][stack]

NOTÍCIAS EM DESTAQUE

[DESTAQUE][btop]