ESPORTE / Obras no campo do CT do Fluminense-BA estão avançando

Se dentro de campo, jogadores e comissão técnica estão se desdobrando para manter o mesmo nível de participação do Fluminense de Feira nas competições em disputa, fora dele os dirigentes estão se esforçando para melhorar a estrutura do clube. Depois de concluída toda parte de terraplanagem, o campo principal do CT Nóide Cerqueira está recebendo caçambas de areia que posteriormente serão niveladas para que finalmente a grama seja plantada e em pouco tempo o clube tenha um campo com um bom gramado.
As caçambas com areia começaram a chegar no CT Nóide Cerqueira
Vale ressaltar que até o ano passado o Fluminense realizava atividades no campo do seu CT, que fica no bairro Novo Horizonte. Porém a grama já estava muito castigada e os dirigentes partiram então para refazer o campo. Além de arrancar a grama foi cavado mais um poço artesiano para que o campo tenha um abastecimento exclusivo de água

Por conta da situação financeira e das condições climáticas, somente agora é que as obras avançaram. “Ainda não é da forma que a gente queria porque sabemos da necessidade que se tem em fazer um campo urgente. Estamos aí buscando em presas que nos apoiem nessa empreitada para que se tenha um campo em condições e os jogadores voltem a fazer suas atividades em um lugar fixo”, ressaltou José Francisco Pinto, o Zé Chico, diretor de futebol do clube.

Atualmente os jogadores se concentram durante a semana no CT, fazem atividades na academia do clube, mas precisam utilizar os campos da Chácara Ribeirão, do Estádio Bandarrão na cidade de Santo Estevão e o Joia da Princesa para realização de trabalhos com bola. “Isso gera um desgaste porque temos que deslocar o pessoal para estes campos alternativos e nos gera também despesas com transporte. Mas o importante é manter o trabalho no mesmo ritmo, mesmo enfrentando estas adversidades e aqui a gente agradece a todos que nos cedem seus espaços para que possamos fazer nossas atividades. O resultado está aí: somos líderes na nossa chave temos tudo para avançar para a próxima fase da Série D”, ressaltou Zé Chico.

APOIO
O dirigente voltou a afirmar que a parte estrutural é muito importante para o desenvolvimento do clube. “Nós estamos buscando fazer a nossa parte e o resultado está aí. Agora precisamos do apoio de todos porque é complicado você investir no time e na estrutura ao mesmo tempo. Não podemos absolver tudo sozinhos e a sociedade em seus diversos seguimentos precisa nos apoiar porque um clube forte é o reflexo de uma sociedade forte. Quem quiser nos procure porque estamos abertos a receber qualquer ajuda para melhorar ainda mais a nossa estrutura”, observou Zé Chico.

Por: Cristiano Alves / Ascom Fluminense de Feira
top ads

Nenhum comentário:

Obrigado pelo seu comentário. A área de comentários visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria e não troca de ofensas entre leitores. Comentários anônimos e com tons ofensivos, preconceituosos e que que firam a ética e a moral não serão liberados.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site VALBAHIANEWS.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS DE VÁRZEA DA ROÇA

[VÁRZEA DA ROÇA][grids]

ÚLTIMAS NOTÍCIAS DA REGIÃO

[REGIÃO][btop]

ÚLTIMAS NOTÍCIAS DA POLÍTICA

[POLÍTICA][grids]

ÚLTIMAS NOTÍCIAS DO ESPORTE

[ESPORTE][stack]

JOGOS DA SEGUNDA RODADA DA COPA JACUÍPE.