POLÍTICA / O político aposta na falta de memória do povo, crítica deputado

O deputado estadual Targino Machado (PPS), em entrevista ao Tribuna Feirense, afirmou que não pensa em ser candidato a prefeitura de Feira de Santana, em 2020.
Seis meses na política é um mundo de tempo, imagine três anos e meio. Não estou pensando nisso, estou focado na minha campanha em 2018. Se eu tiver êxito eu posso pensar em outras coisas, mas se perder, não posso pensar em nada. Cada dia com sua agonia”.

Ele também criticou a tentativa de descriminalização do caixa 2.

Estamos vivendo um país sem leis, sem ética. Tem que tocar fogo e começar tudo de novo. Eu não voto em ninguém que esteja sendo investigado. Estou na política há 30 anos. Ninguém bateu na minha porta para oferecer R$500 mil, R$1 milhão, porque sabe que não vai poder me pedir nada. Tentar descriminalizar o caixa 2 sob o argumento de que é um crime menor é um absurdo. Crime é crime”.

Segundo Targino Machado, o político brasileiro aposta na falta de memória do povo.

A maioria se elege, muda o número do telefone, fica três anos sumido e volta perto da eleição, paga R$50 a um, paga uma cerveja a outro. Enquanto existir eleitor disposto a se vender e político disposto a comprar, vai continuar dessa forma”.

Por: tribunafeirense
top ads

Nenhum comentário:

Obrigado pelo seu comentário. A área de comentários visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria e não troca de ofensas entre leitores. Comentários anônimos e com tons ofensivos, preconceituosos e que que firam a ética e a moral não serão liberados.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site Val Bahia News.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS DE VÁRZEA DA ROÇA

[VÁRZEA DA ROÇA][grids]

ÚLTIMAS NOTÍCIAS DA REGIÃO

[REGIÃO][btop]

ÚLTIMAS NOTÍCIAS DA POLÍTICA

[POLÍTICA][grids]

ÚLTIMAS NOTÍCIAS DO ESPORTE

[ESPORTE][stack]