POLÍTICA / Bolsonaro quer militarizar ensino no país e pôr general no MEC

Pré-candidato diz que, se eleito presidente, multiplicará o modelo, e fechará parcerias com as redes municipal e estadual

As normas de uma escola dirigida pela Polícia Militar seguem o rígido padrão disciplinar de instituições de ensino militarizadas. E, se depender do pré-candidato à Presidência Jair Bolsonaro (PSC-RJ), podem praxe no sistema escolar nacional.

De acordo com o jornal Folha de S. Paulo, Bolsonaro diz que, se eleito presidente, multiplicará o modelo, e fechará parcerias com as redes municipal e estadual. Reconhece ser impossível cobrir 100% da malha escolar, mesmo porque “faltariam recursos” .

À frente do Ministério da Educação (MEC), em eventual gestão sua, colocaria um general, alguém “que represente autoridade, amor à pátria e respeito à família.

Por: bahia.ba / Foto: Jovem Pan
top ads

Nenhum comentário:

Obrigado pelo seu comentário. A área de comentários visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria e não troca de ofensas entre leitores. Comentários anônimos e com tons ofensivos, preconceituosos e que que firam a ética e a moral não serão liberados.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site Val Bahia News.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS DE VÁRZEA DA ROÇA

[VÁRZEA DA ROÇA][grids]

ÚLTIMAS NOTÍCIAS DA REGIÃO

[REGIÃO][stack]

ÚLTIMAS NOTÍCIAS DA POLÍTICA

[POLÍTICA][grids]

ÚLTIMAS NOTÍCIAS DO ESPORTE

[ESPORTE][stack]

NOTÍCIAS EM DESTAQUE

[DESTAQUE][btop]