ESPORTE / Fluminense 1 x 1 Bahia: Veja os gols de Edgar Junior e Gustavo Scapa

Com o resultado, o Esquadrão estacionou na 13ª posição com 39 pontos
Jogando na tarde deste domingo no estádio do Maracanã, o Esporte Clube Bahia ficou apenas no empate por 1 a 1 com o Fluminense e, desta forma, traz para Salvador 1 ponto importante na luta que trava para afastar de vez o perigo de rebaixamento, mesmo sabendo que poderia buscar o triunfo contra um time com as mesmas limitações nossas, inclusive, esteve à frente do placar com Edigar Junio, mas a defesa voltou a bater cabeça e entregou o ouro permitindo o empate com Scarpa. Dadas as circunstâncias, o empate acabou sendo de bom agrado, pelo que apresentou nos 90 minutos e olhando o retrospecto como visitante que não é dos melhores.

Este foi o sexto empate do Bahia como visitante. Venceu apenas dois fora do seu cercado, o último no dia 19 de julho quando venceu o Atlético-MG, por 2 x 0, no Independência. E perdeu 8 vezes. Com o resultado, o Bahia estacionou na 13ª posição com os mesmos 39 pontos do Fluminense que aparece um degrau abaixo. Na próxima rodada, o Esquadrão enfrenta a Ponte Preta, domingo, na Arena Fonte Nova, em duelo direto contra o rebaixamento.

PRIMEIRO TEMPO
O Bahia fez a festa dos tricolores logo cedo, aos 2 minutos, com gol relâmpago de Edigar Junio dando um “totozinho” com muita frieza por cima de Cavalieri após jogadaça de Zé Rafael que fintou toda a defesa do Flu. O gol desestabilizou os donos da casa que já entraram em campo desligados e cedendo muito espaço, no entanto, o Esquadrão não se aproveitou das fragilidades do adversário, trocou passes no ataque, mas não levou perigo, não agrediu e foi castigado, aliás, castigou o seu torcedor.

Depois da metade do 1º tempo, o Bahia recuou e chamou o Fluminense para seu campo. O castigo veio aos 31 minutos com Gustavo Scarpa aproveitando bobeira da defesa tricolor com Lucas Fonseca e Juninho batendo cabeça. O gol de empate animou o Flu que passou a controlar o jogo e criar oportunidades, e por pouco não virou com Henrique Dourado e Scarpa, ambos parando em ótimas defesas do goleiro Jean. Ainda tivemos dois lances onde o Bahia pediu pênalti com Zé Rafael e Hernane.

SEGUNDO TEMPO
O Bahia voltou para o 2º tempo com Matheus Sales no lugar de Régis, substituição sem critério algum, deixando o time ainda mais improdutivo e sem poder ofensivo, aliás, o volante entrou mesmo somente para receber a chapa vermelha nos minutos finais, já que em campo pouco produziu. O tricolor baiano ainda perdeu Lucas Fonseca, por lesão, entrando Thiago Martins.

O panorama na parte final pouco mudou. O Fluminense seguiu atacando e Jean trabalhando nos raros lances de perigo, enquanto o tricolor baiano se arriscou algumas vezes nos contra-ataques, mas sem criatividade, sem poderio ofensivo e acima de tudo sem demonstrar aquela vibração necessária para arrancar um triunfo que seria essencial, mas não veio, porém, o ponto conquistado está de bom tamanho pelo que apresentou em campo e pelo retrospecto como visitante que não é dos melhores.

Por: futebolbahiano
top ads

Nenhum comentário:

Obrigado pelo seu comentário. A área de comentários visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria e não troca de ofensas entre leitores. Comentários anônimos e com tons ofensivos, preconceituosos e que que firam a ética e a moral não serão liberados.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site Val Bahia News.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS DE VÁRZEA DA ROÇA

[VÁRZEA DA ROÇA][grids]

ÚLTIMAS NOTÍCIAS DA REGIÃO

[REGIÃO][stack]

ÚLTIMAS NOTÍCIAS DA POLÍTICA

[POLÍTICA][grids]

ÚLTIMAS NOTÍCIAS DO ESPORTE

[ESPORTE][stack]

NOTÍCIAS EM DESTAQUE

[DESTAQUE][btop]