BAHIA / Dinheiro vivo era escondido no closet da mãe de Geddel, diz ex-assessor

Notas foram guardadas no imóvel até o início de 2016
O closet da mãe do ex-ministro Geddel Vieira Lima era utilizado como esconderijo para malas e caixas de dinheiro. Pelo menos foi o que afirmou o ex-assessor de Lúcio Vieira Lima, Job Ribeiro Brandão, em depoimento à Polícia Federal (PF) e à Procuradoria Geral da República (PGR).

De acordo com Job, a família Vieira Lima “possuía muito dinheiro guardado no apartamento de Marluce Vieira Lima”, em Salvador. As notas foram guardadas lá até o início de 2016, mas com a morte do pai de Geddel e Lúcio, o dinheiro foi retirado do imóvel.

O ex-assessor disse que não tinha conhecimento do local até a busca e apreensão feita em setembro deste ano na Operação Tesouro Perdido”, em que a PF encontrou R$ 51 milhões em um apartamento no bairro da Graça, na capital da Bahia.

Segundo a coluna do Estadão, o ex-assessor ainda afirmou que ele era o responsável por contar as notas quando chegavam ao apartamento da mãe de Geddel.

Durante outro depoimento, Job já havia confessado que um escritório da casa da mãe do ex-ministro era utilizada para repasse de dinheiro vivo. Por lá, saiam cerca de R$ 50 mil e R$ 100 mil com frequência.

Por: varelanoticias / Foto: Marcelo Camargo/ Agência Brasil
top ads

Nenhum comentário:

Obrigado pelo seu comentário. A área de comentários visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria e não troca de ofensas entre leitores. Comentários anônimos e com tons ofensivos, preconceituosos e que que firam a ética e a moral não serão liberados.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site Val Bahia News.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS DE VÁRZEA DA ROÇA

[VÁRZEA DA ROÇA][grids]

ÚLTIMAS NOTÍCIAS DA REGIÃO

[REGIÃO][stack]

ÚLTIMAS NOTÍCIAS DA POLÍTICA

[POLÍTICA][grids]

ÚLTIMAS NOTÍCIAS DO ESPORTE

[ESPORTE][stack]

NOTÍCIAS EM DESTAQUE

[DESTAQUE][btop]