FIQUE SABENDO! / GLOBO PAGOU PROPINA POR DIREITOS DE JOGOS, DIZ EMPRESÁRIO ARGENTINO

O Grupo Globo foi acusado nesta terça-feira, 14, de pagar propina na compra de direitos de transmissão de jogos internacionais; em depoimento à Justiça dos Estados Unidos, o empresário argentino Alejandro Burzaco, ex-presidente da empresa Torneos, disse que além da Globo, a Fox Sports, Televisa, Media Pro, e empresa Traffic, do brasileiro J. Hawilla, sócio da globo, também pagaram propina por direitos de transmissão de jogos; Burzaco ouvido como uma das testemunhas da acusação no julgamento de José Maria Marin, ex-presidente da CBF acusado de extorsão, fraude financeira e lavagem de dinheiro durante negociações de contratos com a Fifa; em nota, a Globo negou estar envolvida em corrupção e promete transparência em seus atos
A TV Globo foi acusada nesta terça-feira, 14, de pagar propina na compra de direitos de transmissão de jogos internacionais.

Em depoimento à Justiça dos Estados Unidos, o empresário argentino Alejandro Burzaco, ex-presidente da empresa Torneos, disse que além da Globo, a Fox Sports, Televisa, Media Pro, e empresa Traffic, do brasileiro J. Hawilla, sócio da globo, também pagaram propina por direitos de transmissão de jogos.

Ele foi ouvido como uma das testemunhas da acusação no julgamento de José Maria Marin, ex-presidente da CBF acusado de extorsão, fraude financeira e lavagem de dinheiro durante negociações de contratos com a Fifa.

Buzarco também é réu na investigação conduzida pela Justiça americana. Ex-diretor da Torneos y Competencias, empresa de marketing esportivo com sede em Buenos Aires, ele fechou um acordo de delação premiada com os promotores do caso e ainda aguarda a sua sentença.

No tribunal do Brooklyn, diante dos jurados, Buzarco apontou para Marin, além de dois outros réus na corte, o paraguaio Juan Ángel Napout e o peruano Manuel Burga, afirmando que havia entregado dinheiro ilícito aos três.

Em nota, a Globo engou estar envolvida em corrupção e promete transparência em seus atos. Leia a nota abaixo:

Sobre depoimento ocorrido em Nova York, no julgamento do caso Fifa pela Justiça dos Estados Unidos, o Grupo Globo afirma veementemente que não pratica nem tolera qualquer pagamento de propina. Esclarece que após mais de dois anos de investigação não é parte nos processos que correm na justiça americana. Em suas amplas investigações internas, apurou que jamais realizou pagamentos que não os previstos nos contratos. Por outro lado, o Grupo Globo se colocará plenamente à disposição das autoridades americanas para que tudo seja esclarecido. Para a Globo, isso é uma questão de honra. Não seria diferente, mas é fundamental garantir aos leitores, ouvintes e espectadores do Grupo Globo de que o noticiário a respeito será divulgado com a transparência que o jornalismo exige.

Por: brasil247
top ads

Um comentário:

  1. PARA DE UMA VEZ POR TODAS ENTENDER O QUE OCORREU NO “CASO HEVERTON”...

    a matéria do globo esporte faz parte da armação, será que é dificil entender?? a “matéria” é um “vazamento” proposital da caixa de e-mail do flamengo, onde sua diretoria "assume” que “errou” na escalação" do andré santos.... ora, se o flamengo errou e foi punido, a armação está feita... punem-se "times grandes e com grande torcida" e, “igualmente”, e “supostamente sem distinção entre um e outro”, também punem-se times com torcidas menores e com menor “força política”, como a Lusa, de forma a "aparentar isonomia" na punição e no tratamento aos dois clubes.... tudo uma armação, de forma a passar a mensagem mentirosa e subliminar de que, caso não houvesse a punição do heverton, o "rebaixado" seria o flamengo, claramente uma lorota, que gerou até um “livro” dum palhaço torcedor do fluminense chamado coronel paul, onde “vende a versão” de que o flamengo comprou a Portuguesa para não ser rebaixado, claramente para desviar o foco e “criar uma lenda”, dentre tantas outras “lendas” do futebol brasileiro, com “mil e uma versões” fantasiosas propositalmente divulgadas e “promovidas” pela globo e outros meios de comunicação, num óbvio “corporativismo midiático” para proteger a globo, visando “confundir” o torcedor comum e “criar a ilusão de um caso insolúvel” .... o flamengo, na armação, fez uma ponta na novela para ajudar a salvar o fluminense, numa armação de bastidores que envolveu unimed/fluminense, flamengo, cbf, globo, stjd, sestário e o fdp do "manuel da lupa", que vendeu a vaga para a unimed e fudeu a Portuguesa.... a Lusa não tem culpa, está quebrada por causa disso.... o dinheiro não foi pro Canindé... a Portuguesa é a maior vítima da tramóia!

    assim como lula é ladrão, e não faz de nosso povo um povo de ladrões, igualmente um ladrão que lesa um clube não faz desse clube um clube de ladrões, embora “infelizmente tenha outros” lá no Canindé.... agora já pensou aonde iria parar a credibilidade da globo ao provarem que ela participou da armação para proteger um patrocinador de 15 anos do campeonato brasileiro, a unimed ???? além de patrocinar as cotas da globo por 15 anos (lembram das placas da unimed ao redor do campo, em todos jogos transmitidos pela globo, isso durante 15 anos????) a unimed tinha investido uma fortuna adicional em 2013, passando a “patrocinar” também a cbf para a copa, visando alavancar a marca na copa do mundo do Brasil e internacionalizar o plano de saúde (lembram de todas entrevistas na granja comary na copa com banners da unimed atrás dos entrevistados, o plano de promover o fred e vender para o barcelona depois da copa, que acabou comprando o luiz soares, e o amistoso “arranjado” às vésperas da copa entre fluminense e seleção da Itália????) kkkkkkkk!!!!!!

    e ainda tem a “atuação teatral” do advogado da cbf, o ex-presidente dos bambis carlos miguel aidar, posteriormente expulso da presidência do são paulo por roubar o clube, que “costurou um acordo sinistro de bastidores” com o então promotor público roberto senise, afastado pouco tempo depois do ministério público também por denúncias de envolvimento em casos de corrupção (o mesmo promotor que, além das reuniões com carlos miguel aidar, também teve “reuniões de averiguação” com os conselheiros da Portuguesa alexandre barros e luis yauca, com manuel da lupa e com josé maria marin, então presidente da cbf, hoje preso pelo fbi em nova iorque )....
    http://globoesporte.globo.com/futebol/times/flamengo/noticia/2013/12/troca-de-e-mails-expoe-discordia-no-flamengo-sobre-caso-do-stjd.html

    ResponderExcluir

Obrigado pelo seu comentário. A área de comentários visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria e não troca de ofensas entre leitores. Comentários anônimos e com tons ofensivos, preconceituosos e que que firam a ética e a moral não serão liberados.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site Val Bahia News.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS DE VÁRZEA DA ROÇA

[VÁRZEA DA ROÇA][grids]

ÚLTIMAS NOTÍCIAS DA REGIÃO

[REGIÃO][stack]

ÚLTIMAS NOTÍCIAS DA POLÍTICA

[POLÍTICA][grids]

ÚLTIMAS NOTÍCIAS DO ESPORTE

[ESPORTE][stack]

NOTÍCIAS EM DESTAQUE

[DESTAQUE][btop]