RELIGIÃO / Jovem de apenas 18 anos é empossado como novo Pastor da 1ª Igreja Batista de Capim Grosso

O jovem Silas de Castro Barreto, 18 anos, natural de Capim Grosso, com nascimento registrado no dia 20/07/1999, no extinto Hospital Nossa Senhora da Saúde, hoje Hospital Capim Grosso, fruto do relacionamento do casal Adelson Silva Barreto e Alexsandra de Castro Barreto, ambos professores, família composta ainda pelo adolescente Lucas de Castro Barreto, tomou posse na noite de sábado, 25 de novembro, no templo da 1ª IGREJA BATISTA, na Praça Otaviano Ferreira, centro da cidade, como novo Pastor da Igreja, que há 55 anos como agência de Deus na cidade trabalha na propagação do evangelho de Jesus, instituição religiosa pertencente a Convenção Batista Brasileira e Baiana.
A consagração de Silas Barreto aconteceu por intermédio da Cobertura da Visão Celular no Modelo dos 12, na pessoa do Apóstolo Luciano Moura, do Ministério Palácio de Adoração da cidade de Feira de Santana, que atuou também como orador da noite, com participação também do seu avô, o Apóstolo José Pacheco de Castro, líder da 1ª Igreja Batista e também Presidente da Associação de Pastores, dentre outros.

O Concílio, que significa reunião de autoridades eclesiásticas com o objetivo de discutir e deliberar sobre questões pastorais, de doutrina, fé e costumes (moral), foi realizado no sábado, 18 de novembro, também no templo da Igreja às 16h, evento esse que contou com a participação de pastores de Igrejas da cidade e da região: Angelino e Amadeu, ambos da Igreja Pentecostal Shekinah; Pastora Silvia, da Igreja Quadrangular; Pastora Márcia, da Primeira Igreja Batista de Gavião; Pastor Francisco, da Igreja Presbiteriana do Brasil; Pastor Jairo, da Igreja Assembleia de Deus Árvore da Vida; Pastor Rafael, da Igreja Assembleia de Deus Filadélfia e Pastor Zilton, que desenvolveu a função de examinador como representante da Igreja Batista Missionária.

Participaram ainda da noite de consagração do jovem Pastor Silas Barreto, representes de Igrejas do Novo Paraíso, Serrolândia, Junco, Mairi e Juazeiro da Bahia.

De acordo com informações do Pastor Silas Barreto, a 1ª Igreja Batista de Capim Grosso é composta por 150 membros e dona de uma grande trajetória evangelística na cidade nos seus 55 anos de fundada. A Igreja que já pertenceu a Convenção Batista Brasileira, de segmento tradicional, depois de passar a ter como líder o Pastor José Pacheco de Castro, hoje, apóstolo, passou aderiu ao G12 em 2002. Três anos mais tarde, ou seja, em 2005 migrou para o M12 juntamente com o Apóstolo Renê Terra Nova que é o líder nacional e Internacional do M12, movimento que nasceu inicialmente no seio do neopentecostalíssimo, com o propósito de provocar o crescimento das igrejas evangélicas através de pequenos grupos conhecidos como células. Essas células atuam em reuniões nas casas dos fiéis e geralmente são compostas por doze pessoas. O número doze refere-se ao modelo do discipulado de Jesus Cristo, que separou para si doze homens para instrução, capacitação e testemunho das Boas Novas.

Em conversa na noite desse domingo, 25 de novembro, noite que o jovem mancebo conduziu a sua primeira mensagem como novo Pastor da 1ª Igreja Batista de Capim Grosso, Silas Barreto deixou a seguinte mensagem: “Ser consagrado ao Ministério Pastoral novo, torna-se desafiador. Mas o amor que Deus tem colocado em meu coração, não só pela Igreja, mas também para com a cidade de Capim Grosso, torna-se combustível para me impulsionar a sonhar e influenciar de forma positiva nas mais diversas áreas, como Ministro do Evangelho e Pastor em Cristo Jesus”, colocou Silas que acrescentou: “Estou aqui para servir não só a 1ª Igreja Batista, mas também todas as demais Igrejas e também às pessoas evangélicas ou não, independente do credo religioso, independente da condição social, estou à disposição de todos e no que estiver ao meu alcance farei não só como Pastor apenas de uma Igreja, mas como Pastor de todos aqueles que necessitarem da minha contribuição como servo do Deus altíssimo”. Por fim, Silas Barreto colocou ainda: “À Primeira Igreja Batista, minha eterna gratidão pelo acolhimento, cuidados e por reconhecer meu pastorado. À Cidade de Capim Grosso, meu muito obrigado pelo carinho e honras destinadas a mim e à minha família. Portanto, a minha oração é para que esta terra seja próspera, as famílias sejam abençoadas e que Capim Grosso possa ser cada vez mais agraciada com a Paz do Senhor Jesus Cristo”, concluiu.

Por: reporterbahia
top ads

Nenhum comentário:

Obrigado pelo seu comentário. A área de comentários visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria e não troca de ofensas entre leitores. Comentários anônimos e com tons ofensivos, preconceituosos e que que firam a ética e a moral não serão liberados.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site Val Bahia News.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS DE VÁRZEA DA ROÇA

[VÁRZEA DA ROÇA][grids]

ÚLTIMAS NOTÍCIAS DA REGIÃO

[REGIÃO][stack]

ÚLTIMAS NOTÍCIAS DA POLÍTICA

[POLÍTICA][grids]

ÚLTIMAS NOTÍCIAS DO ESPORTE

[ESPORTE][stack]

NOTÍCIAS EM DESTAQUE

[DESTAQUE][btop]