BAHIA / SEIS PRESOS SÃO QUEIMADOS VIVOS POR OUTROS DETENTOS EM REBELIÃO NO SUL DA BAHIA


Seis presos foram mortos por outros detentos, em uma rebelião no presídio de Eunápolis nesta segunda-feira (28). Pelos menos oito feridos foram levados para o Hospital Geral.

Atingidos por pedras, dois policiais militares receberam atendimento do Samu. Os mortos, em sua maioria presos acusados de estupro, foram amarrados a colchões e queimados. Os corpos, ainda não divulgados, foram encaminhados para o IML de Porto Seguro.

Por volta das 17h30, a rebelião foi contida por cerca de 50 policiais. A ala onde ocorreu a rebelião foi totalmente destruída e queimada.

Representantes da Polícia Militar, junto com o superintendente de gestão prisional da SEAP e o diretor do presídio decidem o local para onde os presos serão encaminhados, pois a ala não tem condições de abrigar os detentos.

Clique aqui e continue lendo...


De acordo com o major Cléber Santos, comandante da 7ª CIPM, a PM foi convocada para dar apoio a uma revista que seria feita nas celas da unidade prisional, o que provocou revolta no momento da fiscalização por volta de 9h30. "Cerca de 350 presos quebraram o pátio todo", diz o major.

Uma funcionária da direção do presídio de Eunápolis, que não quis se identificar, informou que a unidade está com cerca de 600 detentos – a capacidade é para 456 internos.

Os presos Udson Nascimento Jesus, 31 anos e Wagno Santos Porto, de 32, foram levados para o Hospital Geral no começo da rebelião. Segundo um médico, eles apresentavam perfurações nas pernas.

O subcomandante da 7ª CIPM, Tiago Cruz, disse que, durante a revista, um policial efetuou disparo nas pernas dos detentos para resguardar a integridade física de agentes que tentavam fazer uma revista.

A presidente da Ordem dos Advogados do Brasil (Subseção de Eunápolis), Roberta Tutrut, esteve no presídio juntamente com o juiz da Vara de Execuções Penais, Otaviano Andrade Sobrinho, para dar garantias aos presos, que relutavam em ser render.

Familiares dos detentos, do lado de fora do presídio, recebiam ligações dos detentos, relatando a situação no conjunto penal.
Fonte: Radar 64
Este espaço não tem, e nunca teve, fins lucrativos. As eventuais propagandas são veiculadas gratuitamente, isso quando acho que merecem divulgação. Diferente do que muitos pensam, não ganho e nunca ganhei nada por acessos e/ou outras formas, com exceção da Várzea Net, pois eles me fornecem a internet, e as vezes, bem eventualmente, recebo algumas pequenas doações. Faço esse trabalho com amor, e venho tentando, de alguma forma, desfazer o que a maioria da imprensa porca e parcial, da região, vem fazendo. Não acredito que uma imprensa que se diz imparcial fique ganhando de prefeituras e/ou de qualquer político para expor seus trabalhos ou até divulgar banners dos mesmos nesses sites e blogs ditos imparciais. Damos boas vindas e agradecemos a todos pela visita. Este site é dedicado a todos os Varzeanos que estão em outras cidades e estados do Brasil, e que sentem saudades de tudo de Bom que tem neste lugar (Várzea da Roça/BA). Fiquem a vontade para acompanhar ao máximo as notícias e informações aqui divulgadas. Aproveitem para ouvir a Rádio Ouricuri.
top ads

Nenhum comentário:

Obrigado pelo seu comentário. A área de comentários visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria e não troca de ofensas entre leitores. Comentários anônimos e com tons ofensivos, preconceituosos e que firam a ética e a moral não serão liberados.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site Val Bahia News.

top ads

ÚLTIMAS NOTÍCIAS DE VÁRZEA DA ROÇA:

[VÁRZEA DA ROÇA][stack]

ÚLTIMAS NOTÍCIAS DA REGIÃO:

[REGIÃO][stack]

ÚLTIMAS NOTÍCIAS DA POLÍTICA:

[POLÍTICA][stack]

ÚLTIMAS NOTÍCIAS DO ESPORTE

[ESPORTE][stack]

ÚLTIMAS NOTÍCIAS DO MEIO AMBIENTE:

[MEIO AMBIENTE][stack]