MUNDO / O caso Daniel Alves e o racismo

Militantes e acadêmicos da causa negra estão enciumados com a campanha deflagrada contra o racismo a partir do gesto do jogador Daniel Alves quando transformou um insulto em uma cena inusitada ao comer uma banana num campo de futebol. Claro, isso não está escrito em nenhuma academia do saber, nem Daniel pediu autorização a alguma autoridade para deflagrar seu gesto espontâneo.
Na maioria das vezes quando surgem movimentos espontâneos na nossa sociedade somos tentados a desqualificá-los. Colocamos nossos medos à frente e o recepcionamos em um rótulo que faça sentido entre tantos tubos feitos para armazenar objetos. Nada mais anti-científico, mas somos tentados a catalogar esses fenômenos espontâneos em razão de compromissos assumidos anteriormente com alguma autoridade para que sejam legitimados. 

O conterrâneo Daniel Alves agiu como costumamos fazer na Bahia: “tiramos onda com a cara do agressor”. Essa é uma defesa muito natural também em torcidas de futebol, para malandros velhos que sabem que a irritação com a ofensa é que origina a força do ofensor. A intenção do jogador foi sábia, partiu de uma força ancestral do nosso povo de nos elevarmos acima das ofensas gargalhando às suas custas. 

Não precisamos lembrar que a Bahia, estado de Daniel Alves, extravasa uma singularidade especial quando tratamos do Brasil. É o povo da malemolência, do dendê e da sensualidade que se contrapõe as fantasias de uma nação aos modos europeus com base no centro-sul que rejeita uma parte da nossa identidade mais genuína e expansiva de reagir aos agressores na swingueira.
Fonte: http://www.futebolbahiano.org/
Este espaço não tem, e nunca teve, fins lucrativos. As eventuais propagandas são veiculadas gratuitamente, isso quando acho que merecem divulgação. Diferente do que muitos pensam, não ganho e nunca ganhei nada por acessos e/ou outras formas, com exceção da Várzea Net, pois eles me fornecem a internet, e as vezes, bem eventualmente, recebo algumas pequenas doações. Faço esse trabalho com amor, e venho tentando, de alguma forma, desfazer o que a maioria da imprensa porca e parcial, da região, vem fazendo. Não acredito que uma imprensa que se diz imparcial fique ganhando de prefeituras e/ou de qualquer político para expor seus trabalhos ou até divulgar banners dos mesmos nesses sites e blogs ditos imparciais. Damos boas vindas e agradecemos a todos pela visita. Este site é dedicado a todos os Varzeanos que estão em outras cidades e estados do Brasil, e que sentem saudades de tudo de Bom que tem neste lugar (Várzea da Roça/BA). Fiquem a vontade para acompanhar ao máximo as notícias e informações aqui divulgadas. Aproveitem para ouvir a Rádio Ouricuri.
top ads

Nenhum comentário:

Obrigado pelo seu comentário. A área de comentários visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria e não troca de ofensas entre leitores. Comentários anônimos e com tons ofensivos, preconceituosos e que firam a ética e a moral não serão liberados.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site Val Bahia News.

top ads

ÚLTIMAS NOTÍCIAS DE VÁRZEA DA ROÇA:

[VÁRZEA DA ROÇA][stack]

ÚLTIMAS NOTÍCIAS DA REGIÃO:

[REGIÃO][stack]

ÚLTIMAS NOTÍCIAS DA POLÍTICA:

[POLÍTICA][stack]

ÚLTIMAS NOTÍCIAS DO ESPORTE

[ESPORTE][stack]

ÚLTIMAS NOTÍCIAS DO MEIO AMBIENTE:

[MEIO AMBIENTE][stack]