ESPORTE / Bahia empata, segue invicto mas sem vencer fora de casa: Melhores momentos

O Esporte Clube Bahia entrou em campo neste domingo buscando o que seria o seu primeiro triunfo longe de Salvador na temporada 2017, pois é, seria, se não tivesse protagonizado um festival de gols perdidos, principalmente nos primeiros 45 minutos e na sua maioria com Hernane que não honra neste início de temporada o apelido de "brocador", diga-se, está mais para "imbrocável". Mesmo dominante durante boa parte do embate, o Esquadrão não conseguiu balançar as redes, acabou terminando o confronto com 10 jogadores com a expulsão de Eduardo e não saiu do empate sem gols com o Altos, do Piauí, no estádio Lindolfo Monteiro, pela terceira rodada do Nordestão, resultado que mantém o Bahia na liderança do Grupo B com 5 pontos em caráter provisório aguardando o confronto entre Fortaleza e Moto Club.
O primeiro tempo esteve muito favorável ao Bahia do primeiro ao último minuto e, apesar das limitações do gramado que não favoreciam, o tricolor baiano jogou como se estivesse em casa, com muita liberdade, rondando a área do Altos e pressionando os mandantes, só não abriu o placar por causa da boa atuação do goleiro Alex Alves, grande destaque da etapa inicial com boas intervenções, aliado aos erros de finalização, diferente do goleiro Jean que não teve trabalho e só tocou na bola com os pés nos primeiros 45 minutos. As melhores oportunidades do Bahia saíram dos pés e da cabeça do "brocador" Hernane, que esbarrou no goleiro ambas as vezes, e com o lateral Armero que parou na trave.

Na etapa final o Bahia conseguiu dificultar o “indificultável”, tinha o jogo nas mãos, foi predominante em campo até os 32 minutos quando o lateral-direito Eduardo acabou expulso após matar ataque do Altos, sorte nossa que o lance aconteceu caminhando para os minutos finais, restando pouco tempo para uma pressão dos mandantes. Com o empate em 0 a 0, o Tricolor mantém a invencibilidade em 2017 e garante mais uma partida sem ser vazado, somando 540 minutos, no entanto, o lado negativo é o complexo de "cachorro sem coleira" do Bahia quando pula o seu cercado, inclusive, apontado pelo amigo tricolor Lázaro (veja), mesma deficiência vista na Série B de 2016. O time comandado por Guto Ferreira continua sem vencer longe de Salvador. Nas três partidas fora de casa no ano, são três empates por 0 a 0 (Fortaleza, Jacuipense e Altos). O próximo desafio é pela Copa do Brasil, quinta, diante do Sergipe, precisando apenas do empate para avançar.

Por: www.futebolbahiano.org
“Quando vocês tiverem dúvidas quanto a que posição tomar diante de qualquer situação, atentem… Se a Rede Globo for a favor, somos contra. Se for contra, somos a favor!”
top ads

Nenhum comentário:

Obrigado pelo seu comentário. A área de comentários visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria e não troca de ofensas entre leitores. Comentários anônimos e com tons ofensivos, preconceituosos e que firam a ética e a moral não serão liberados.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site Val Bahia News.

SEJAM BEM VINDOS! TRABALHAMOS COM APOIO DE:

ÚLTIMAS NOTÍCIAS DE VÁRZEA DA ROÇA

[VÁRZEA DA ROÇA][grids]

ÚLTIMAS NOTÍCIAS DA REGIÃO

[REGIÃO][stack]

ÚLTIMAS NOTÍCIAS DA POLÍTICA

[POLÍTICA][grids]

ÚLTIMAS NOTÍCIAS DO ESPORTE

[ESPORTE][stack]

NOTÍCIAS EM DESTAQUE

[DESTAQUE][btop]