FIQUE SABENDO! / Forças Armadas deixam o Espírito Santo. E agora?

Entre 8 de fevereiro e 8 de março, o Espírito Santo teve a presença de militares do Exército e da Marinha nas ruas de Vitória e de outras cidades. A presença dos militares foi solicitada ao Governo Federal pelo Estadual devido à paralisação dos policiais militares.
Considerando que há 7 anos os PMs do Espírito Santo não recebem aumento de salário e que o Governo Estadual não tem atendido às sucessivas reivindicações de reajuste, alegando falta de recursos, mulheres dos policiais militares posicionaram-se diante dos batalhões, impedindo a saída de viaturas para o patrulhamento diário.

Na ausência do policiamento ostensivo, a criminalidade tomou conta de ruas, praças e avenidas, realizando diversos ataques até que, com a chegada dos militares, as ocorrências começaram a diminuir.

O Governo Federal deixou claro para o do Espírito Santo que a permanência das Forças Armadas no Estado seria provisória, e que os militares seriam retirados, impreterivelmente, em 8 de março, o que de fato aconteceu.

Para o presidente do Sindicato dos Investigadores da Polícia Civil do Espírito Santo, Walace Simonassi Borges, a presença dos militares nas ruas foi muito importante:

"A população teve a nítida sensação do aumento de segurança, o que foi de grande valia. Do ponto de vista da cooperação com os policiais, o trabalho dos militares também foi muito proveitoso, pois com o auxílio das tropas, dos seus veículos e equipamentos, pudemos realizar diversas operações contra a criminalidade. Por exemplo, os blindados do Exército e da Marinha foram essenciais para o êxito de várias dessas operações."

No entanto, Walace Simonassi Borges lembra que as Forças Armadas cumpriram seu papel de apoio aos policiais militares e civis, mas destaca:

"Segurança pública é para ser feita por policiais que têm treinamento e preparo para isso. Os militares têm outro tipo de formação: eles são treinados para defender o Estado contra invasões e ataques inimigos. Portanto, são coisas completamente distintas."

O investigador também lembra que o número de ocorrências criminais passou a cair depois que os policiais militares retomaram o trabalho de policiamento ostensivo:

"No início e durante a paralisação, chegamos a registrar 200 homicídios em função do aumento da violência. Mas, à medida que a PM foi voltando para as ruas, as ocorrências criminais passaram a diminuir e a população começou a recuperar a tranquilidade."

Por: br.sputniknews.com / Foto: Tânia Rêgo/ Agência Brasil
Este espaço não tem fins lucrativos e nunca teve. Eventuais propagandas são veiculadas gratuitamente quando achar que mereça divulgação, com exceção da Várzea Net que min fornece a internet e de eventuais doações. Como muitos pensam não ganho e nunca ganhei nada por acessos ou de qualquer outra forma, faço este trabalho com amor e tentando de alguma forma desfazer o que a maioria da imprensa porca e parcial da região faz para lhe enganar. Não acredito que uma imprensa imparcial ganhe de prefeituras ou de qualquer político para expor seus eventuais trabalhos ou colocar banner dos mesmos em seus Sites e Blogs. Damos as boas vindas e agradecemos a todos pela visita a este espaço. Este site é dedicado a todos Varzeanos que estão em outras cidades e estados do Brasil, com saudade de tudo de bom que tem neste lugar (Várzea da Roça/BA). Fiquem à vontade para acompanhar ao máximo todas as notícias e informações divulgadas. Aproveitem para ouvir a Rádio Ouricuri.
top ads

Nenhum comentário:

Obrigado pelo seu comentário. A área de comentários visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria e não troca de ofensas entre leitores. Comentários anônimos e com tons ofensivos, preconceituosos e que firam a ética e a moral não serão liberados.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site Val Bahia News.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS DE VÁRZEA DA ROÇA:

[VÁRZEA DA ROÇA][stack]

ÚLTIMAS NOTÍCIAS DA REGIÃO:

[REGIÃO][stack]

ÚLTIMAS NOTÍCIAS DA POLÍTICA:

[POLÍTICA][stack]

ÚLTIMAS NOTÍCIAS DO ESPORTE

[ESPORTE][stack]

ÚLTIMAS NOTÍCIAS DO MEIO AMBIENTE:

[MEIO AMBIENTE][stack]