POLÍTICA / MPF NEGA A LULA O DIREITO DE PROVAR QUE RECIBOS SÃO VERDADEIROS

O Ministério Público Federal desistiu de realizar uma perícia nos recibos de aluguel de um apartamento apresentados pela defesa de Lula e concluiu que os documentos apresentados pelos advogados do ex-presidente são "ideologicamente falsos"; a documentação faz parte do processo em que Lula é acusado de receber o imóvel como forma de propina fornecida pela construtora Odebrecht; o documento de desistência foi protocolado nesta segunda-feira 18; em nota, a defesa sustenta que os recibos são autênticos e que "os procuradores deveriam pedir desculpas a Lula após suas manifestações terem estimulado setores da imprensa a publicar notícias de que uma perícia iria constatar a falsidade dos recibos"
O Ministério Público Federal (MPF) desistiu de realizar uma perícia nos recibos de aluguel de um apartamento apresentados pela defesa do ex-presidente Lula e concluiu que os documentos apresentados pelos advogados são "ideologicamente falsos".

A documentação faz parte do processo em que Lula é acusado de receber o imóvel como forma de propina fornecida pela construtora Odebrecht. O documento de desistência foi protocolado pelo MPF nesta segunda-feira 18.

A defesa sustenta que o imóvel foi locado à ex-primeira-dama Marisa Letícia, que morreu no início do ano, e apresentou uma série de recibos com datas entre 2011 e 2015, assinados pelo proprietário do imóvel, Glauco da Costamarques.

O MPF justifica que, "após a colheita da prova oral, não mais persiste a postulação de realização de prova pericial porque os aspectos pontuais atinentes à confecção dos documentos de que se trata, que se pretendia aclarar por prova técnica, já estão suficientemente elucidados". Os procuradores ainda alegam que os recibos são "ideologicamente falsos".

Segundo o Ministério Público Federal, o imóvel foi adquirido por Glaucos da Costamarques a pedido do pecuarista José Carlos Bumlai, amigo do ex-presidente. O local é usado pela família de Lula há vários anos e serve como moradia para os seguranças do ex-presidente. Segundo a defesa do petista, o imóvel é alugado.

Em nota, a defesa

MPF recua na perícia dos recibos de aluguel
A Força Tarefa da Lava Jato protocolou petição nesta data (18/12) nos autos do Incidente de Falsidade nº 5043015-38.2017.4.04.7000 por meio da qual desistiu de realizar a tão propalada perícia nos 31 recibos de aluguéis apresentados pelo ex-Presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

A defesa juntou as vias originais dos recibos para serem periciados, mas o MPF, após verificar que os documentos são autênticos, desistiu da perícia. O Sr. Glaucos da Costamarques confirmou em seu depoimento que assinou os recibos. Uma perícia preliminar por nós apresentada também confirmou que os documentos são autênticos e que não foram assinados em uma única oportunidade.

Quem emitiu os recibos e concedeu quitação à D. Marisa pelos aluguéis de 2011 a 2015 foi o Sr. Glaucos da Costamarques, sendo absolutamente descabido atribuir a Lula ou aos seus familiares a prática de qualquer falsidade.

A versão do Sr. Costamarques de que não recebia os aluguéis é incompatível com os esclarecimentos que ele prestou em 2016 à Receita Federal e à Polícia Federal. Nas suas contas circularam valores em espécie compatíveis com o recebimento dos aluguéis, não tendo ele ou o MPF feito qualquer prova de que tais valores não têm essa origem.

Além disso, se a palavra do Sr. Costamarques merece crédito segundo a visão do MPF, os procuradores deveriam reconhecer que ele é o proprietário do apartamento, conforme suas declarações, que afastam a absurda tese apontada na denúncia de que o imóvel seria de Lula e teria sido comprado com recursos provenientes de 8 contratos firmados pela Petrobras.

Mais uma vez fica claro que as acusações feitas contra Lula estão alicerçadas em factoides e construções por associação e sem provas por parte da Lava Jato de Curitiba. No caso dos recibos, os procuradores deveriam pedir desculpas a Lula após suas manifestações terem estimulado setores da imprensa a publicar notícias de que uma perícia iria constatar a falsidade dos recibos.

Abaixo, um vídeo publicado em setembro pelo advogado de Lula, Cristiano Zanin Martins, em que ele esclarece a farsa dos recibos:

Por: brasil247
Este espaço não tem fins lucrativos e nunca teve. Eventuais propagandas são veiculadas gratuitamente quando achar que mereça divulgação, com exceção da Várzea Net que min fornece a internet e de eventuais doações. Como muitos pensam não ganho e nunca ganhei nada por acessos ou de qualquer outra forma, faço este trabalho com amor e tentando de alguma forma desfazer o que a maioria da imprensa porca e parcial da região faz para lhe enganar. Não acredito que uma imprensa imparcial ganhe de prefeituras ou de qualquer político para expor seus eventuais trabalhos ou colocar banner dos mesmos em seus Sites e Blogs. Damos as boas vindas e agradecemos a todos pela visita a este espaço. Este site é dedicado a todos Varzeanos que estão em outras cidades e estados do Brasil, com saudade de tudo de bom que tem neste lugar (Várzea da Roça/BA). Fiquem à vontade para acompanhar ao máximo todas as notícias e informações divulgadas. Aproveitem para ouvir a Rádio Ouricuri.
top ads

Nenhum comentário:

Obrigado pelo seu comentário. A área de comentários visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria e não troca de ofensas entre leitores. Comentários anônimos e com tons ofensivos, preconceituosos e que firam a ética e a moral não serão liberados.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site Val Bahia News.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS DE VÁRZEA DA ROÇA:

[VÁRZEA DA ROÇA][stack]

ÚLTIMAS NOTÍCIAS DA REGIÃO:

[REGIÃO][stack]

ÚLTIMAS NOTÍCIAS DA POLÍTICA:

[POLÍTICA][stack]

ÚLTIMAS NOTÍCIAS DO ESPORTE

[ESPORTE][stack]

ÚLTIMAS NOTÍCIAS DO MEIO AMBIENTE:

[MEIO AMBIENTE][stack]