POLÍTICA / Janot critica 'intolerância' e declara voto em Haddad

Ex-procurador geral da República diz que não pode "deixar passar barato discurso de intolerância"
O ex-procurador geral da República Rodrigo Janot declarou, hoje (27), voto em Fernando Haddad, candidato do PT à presidência. Em publicação em rede social, Janot afirma que decidiu voto "por exclusão" e criticou "discurso de intolerância".

"Já fui chamado de petista e antipetista. Já fui psdebista e anti também. Houve muita especulação sobre meu interesse eleitoreiro na minha atuação profissional. Nada se comprovou. Agora, não posso deixar passar barato discurso de intolerância e etc. Por exclusão, voto em Haddad", escreveu o ex-procurador.

Mais cedo, o ex-ministro do Supremo Tribunal Federal, relator do mensalão, Joaquim Barbosa anunciou apoio ao petista.

Por: metro1
top ads

Nenhum comentário:

Obrigado pelo seu comentário. A área de comentários visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria e não troca de ofensas entre leitores. Comentários anônimos e com tons ofensivos, preconceituosos e que firam a ética e a moral não serão liberados.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site Val Bahia News.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS DE VÁRZEA DA ROÇA:

[VÁRZEA DA ROÇA][stack]

ÚLTIMAS NOTÍCIAS DA REGIÃO:

[REGIÃO][stack]

ÚLTIMAS NOTÍCIAS DA POLÍTICA:

[POLÍTICA][stack]

ÚLTIMAS NOTÍCIAS DO ESPORTE

[ESPORTE][stack]

ÚLTIMAS NOTÍCIAS DO MEIO AMBIENTE:

[MEIO AMBIENTE][stack]