Damos as boas vindas e agradecemos a todos pela visita a este espaço. Este site é dedicado a todos Varzeanos que estão em outras cidades e estados do brasil, com saudade de tudo de bom que tem neste lugar (Várzea da Roça-BA ). Fiquem à vontade para acompanhar ao máximo todas as notícias e informações divulgadas. Aaproveitem para ouvir a Rádio Ouricuri.

MEIO AMBIENTE / PELA PRIMEIRA VEZ, DESDE 2013, OS RESERVATÓRIOS DO RIO SÃO FRANCISCO APRESENTAM ÍNDICES ACIMA DO NÍVEL CRÍTICO

O cenário do Rio São Francisco não apenas para esse final de ano, mas também para 2019 é mais confortável que em períodos anteriores. A informação foi transmitida na manhã de segunda-feira (5 de novembro), durante reunião promovida pela Agência Nacional de Águas (ANA), em Brasília (DF), com o objetivo de analisar as condições hidrológicas da bacia e transmitida por videoconferência. O motivo principal está no registro de chuvas nos últimos dias, o que pode tornar possível aplicar uma nova medida que aumenta a vazão defluente mínima.
Durante a reunião, a equipe técnica do Centro Nacional de Monitoramento e Alertas de Desastres Naturais (Cemaden) apresentou informações sobre os índices pluviométricos da bacia do São Francisco. De acordo com os dados apresentados, a estimativa de chuva é de 71 milímetros (mm) até a próxima semana. A verificação aponta que não deve ser uma chuva homogênea, porém, contínua.

Para o reservatório de Sobradinho, na Bahia, a previsão é de uma precipitação de 95 mm e uma vazão afluente superior a 300 mm na bacia como um todo. A vazão da bacia permanece abaixo da média, levando em consideração a comparação com os últimos cinco anos, mas numa situação mais confortável que em outros anos. Para os próximos meses, a previsão é que permaneça abaixo do esperado, mesmo com chuvas constantes.

A equipe do Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS) também apresentou informações. Diante do cenário que se apresenta, o órgão confirmou o aumento da vazão em Três Marias, em Minas Gerais, do patamar atual, de 200 para 215 metros cúbicos por segundo (m³/s) no próximo dia 7 e para 230 m³/s na semana seguinte, dia 14 de novembro.

Com relação à defluência dos reservatórios, o ONS defende a premissa de uma descarga de água de 730m³/s em Sobradinho e em 605m³/s em Xingó, Alagoas. A equipe técnica do órgão informa, ainda, que o armazenamento em Três Marias aponta para 35,5% do volume útil e média de 23% em Sobradinho e Itaparica (PE). Esse cenário permite, segundo o ONS, a prática de defluência de 700 m³/s em Sobradinho no mês de dezembro e de 800 m³/s em janeiro.

O superintendente de Operações e Eventos Críticos da ANA, Joaquim Gondim, informou que estudo promovido pela agência federal aponta que os níveis atuais dos reservatórios sejam superados, chegando a dezembro num limite mínimo acima do acertado e condição muito melhor que nos últimos anos. “Em comparação com outubro do ano passado, Sobradinho estava com pouco mais de 5%”, lembrou ele. “Pela primeira vez, desde 2013, os reservatórios apresentam índices acima do patamar crítico”, completou Gondim, num indicativo de que poderá entrar em vigor a nova resolução da ANA, a qual estabelece novos limites mínimos de vazão do rio.

O presidente do Comitê da Bacia Hidrográfica do Rio São Francisco (CBHSF), Anivaldo Miranda, acompanhou a reunião através de videoconferência. Ele apresentou um resumo das reuniões promovidas pelo colegiado para discutir com o poder público o impacto das ocupações irregulares diante do cenário de enchentes. A primeira delas foi realizada em Propriá (SE) e a última em Pirapora (MG). Miranda propôs que se crie um grupo de trabalho para analisar os resultados das reuniões, o que foi acatado pelo superintendente Joaquim Gondim. Ele sugeriu que o assunto seja tratado no mês de janeiro, em data a ser definida posteriormente.

Anivaldo Miranda também se posicionou sobre o estudo divulgado pela Companhia Hidroelétrica do São Francisco (Chesf), a respeito da proliferação de fitoplanctons no rio. “O Comitê está atuando nessa questão com um consórcio formado por diversas universidades localizadas na bacia”, explicou o presidente do CBHSF. Segundo ele, a questão deverá também ser combatida com o incentivo junto aos municípios para a implementação dos planos municipais de saneamento básico. “E o Comitê irá atuar para esse planejamento sair da região do Baixo e chegar até o Alto São Francisco”, prometeu.

Por: CHBSF Delane Barros
“Quando vocês tiverem dúvidas quanto a que posição tomar diante de qualquer situação, atentem… Se a Rede Globo for a favor, somos contra. Se for contra, somos a favor!”
top ads

Nenhum comentário:

Obrigado pelo seu comentário. A área de comentários visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria e não troca de ofensas entre leitores. Comentários anônimos e com tons ofensivos, preconceituosos e que firam a ética e a moral não serão liberados.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site Val Bahia News.

SEJAM BEM VINDOS! TRABALHAMOS COM APOIO DE:

ÚLTIMAS NOTÍCIAS DE VÁRZEA DA ROÇA

[VÁRZEA DA ROÇA][stack]

ÚLTIMAS NOTÍCIAS DA REGIÃO

[REGIÃO][stack]

ÚLTIMAS NOTÍCIAS DA POLÍTICA

[POLÍTICA][stack]

ÚLTIMAS NOTÍCIAS DO ESPORTE

[ESPORTE][stack]