BAHIA / Trinta anos do Bahia Campeão Brasileiro

O 15 de fevereiro de 1989 – há exatos trinta anos – foi numa quarta-feira. Aquele verão foi radioso, escaldante. Nos crepúsculos de poucas nuvens, um vermelho vívido tingia o poente. E havia as cigarras magistrais com sua sinfonia profunda, melancólica. Eram incontáveis, porque os quintais daqueles tempos eram arborizados e muitas áreas verdes ainda pontuavam a paisagem urbana da Feira de Santana. Mas aquele foi um dia diferente. Apesar do verão e dos afazeres cotidianos, havia uma tensa expectativa no ar. Afinal, à noite, o Bahia de Bobô, Charles, Paulo Rodrigues e Zé Carlos ia encarar o Internacional de Porto Alegre pela primeira partida da final do Campeonato Brasileiro de 1988. Parada dura: no primeiro turno, a equipe gaúcha aplicara 3 a 0 no estádio Beira-Rio. Para completar, o time baiano lidava com um incômodo tabu: em onze jogos oficiais, o tricolor jamais vencera o adversário. Vá lá que, na Feira de Santana, o Bahia disputa com o Fluminense de Feira e com os times cariocas a preferência dos apaixonados por futebol. Mesmo assim, naquela noite, os dois gols de Bobô – o tricolor venceu a primeira partida da final por 2 a 1 – provocaram gritos, comemorações frenéticas e o espocar de fogos pela cidade, mais silenciosa à época. Na manhã seguinte os jornais desapareceram logo cedo das bancas: muita gente quis ver, ávida, as notícias sobre a partida, examinar as fotos que estampavam as capas. Quem pôde, acompanhou as resenhas esportivas com rádio no ouvido ou ficou atento às tevês ligadas nos botequins e nas lanchonetes. Naqueles tempos, não havia Internet. Bahia campeão Uns poucos incrédulos duvidavam do título no domingo seguinte. Quase todo mundo se espantava com o Bahia que impunha seu ritmo e batia adversários tradicionalmente favoritos: São Paulo, Palmeiras, Corinthians e Santos – os quatro grandes de São Paulo – foram derrotados pelo tricolor na primeira fase; Flamengo, Grêmio e Cruzeiro também tropeçaram ante o surpreendente time baiano. O título tricolor coincidiu com um momento de intenso interesse pela Bahia. Além do futebol, a música baiana – posteriormente batizada de Axé Music – contagiava multidões, eletrificadas pelos ritmos de inspirações caribenha e africana; o Carnaval e os atrativos naturais – Mangue Seco e sua paisagem seriam palco de uma trama novelesca logo depois – atraíam levas de turistas. Salvador era, então, a mística capital que todo mundo queria conhecer. Os dias que antecederam a segunda partida da final – em 19 de fevereiro, na capital gaúcha – foram de expectativa e muito debate. Nos bares, sorvendo um aperitivo, nas calçadas e nos pontos de ônibus só se falava das chances do time comandado por Bobô levantar o caneco. O baiano – e o feirense – não parava de se espantar com o bom futebol da equipe tricolor. Naqueles dias, quem marcava um gol nos “babas” dos incontáveis campos de várzea da cidade não era queria mais ser Maradona ou Careca – ícones do futebol naquele momento – mas Bobô ou Charles. Aquele foi, sem dúvida, o grande momento do futebol baiano.

Por: tribunafeirense
Este espaço não tem, e nunca teve, fins lucrativos. As eventuais propagandas são veiculadas gratuitamente, isso quando acho que merecem divulgação. Diferente do que muitos pensam, não ganho e nunca ganhei nada por acessos e/ou outras formas, com exceção da Várzea Net, pois eles me fornecem a internet, e as vezes, bem eventualmente, recebo algumas pequenas doações. Faço esse trabalho com amor, e venho tentando, de alguma forma, desfazer o que a maioria da imprensa porca e parcial, da região, vem fazendo. Não acredito que uma imprensa que se diz imparcial fique ganhando de prefeituras e/ou de qualquer político para expor seus trabalhos ou até divulgar banners dos mesmos nesses sites e blogs ditos imparciais. Damos boas vindas e agradecemos a todos pela visita. Este site é dedicado a todos os Varzeanos que estão em outras cidades e estados do Brasil, e que sentem saudades de tudo de Bom que tem neste lugar (Várzea da Roça/BA). Fiquem a vontade para acompanhar ao máximo as notícias e informações aqui divulgadas. Aproveitem para ouvir a Rádio Ouricuri.
top ads

Nenhum comentário:

Obrigado pelo seu comentário. A área de comentários visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria e não troca de ofensas entre leitores. Comentários anônimos e com tons ofensivos, preconceituosos e que firam a ética e a moral não serão liberados.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site Val Bahia News.

top ads

ÚLTIMAS NOTÍCIAS DE VÁRZEA DA ROÇA:

[VÁRZEA DA ROÇA][stack]

ÚLTIMAS NOTÍCIAS DA REGIÃO:

[REGIÃO][stack]

ÚLTIMAS NOTÍCIAS DA POLÍTICA:

[POLÍTICA][stack]

ÚLTIMAS NOTÍCIAS DO ESPORTE

[ESPORTE][stack]

ÚLTIMAS NOTÍCIAS DO MEIO AMBIENTE:

[MEIO AMBIENTE][stack]