POLÍTICA / Guaidó chega a Brasília para encontro com Bolsonaro; Mourão fala em guerra civil na Venezuela

Mourão disse que cubanos em setores da inteligência venezuelana causa "medo" em Guaidó, que quer mostrar aos venezuelanos que é "reconhecido" em reunião com Bolsonaro
Mourão e Juan Guaidó, no encontro do Grupo de Lima, em Bogotá | Foto: Gabriel Cruz/PR
O autodeclarado presidente da Venezuela, Juan Guaidó, que lidera a oposição ao governo eleito de Nicolás Maduro, chegou à Brasília na madrugada desta quinta-feira (28) para encontro com Jair Bolsonaro (PSL). O avião com Guaidó a bordo pousou à 1h40 no Aeroporto Internacional de Brasília.

Segundo o porta-voz da Presidência, Otávio Rêgo Barros, o encontro “pessoal” será no gabinete de Bolsonaro, às 14h, no Palácio do Planalto. Guaidó será recepcionado pelo ministro de Relações Exteriores, Ernesto Araújo.

A assessoria de Guaidó disse que o oposicionista também se reunirá com representantes diplomáticos de outros países com embaixada em Brasília que o reconhecem como presidente da Venezuela.

Guerra civil
Em entrevista à Globonews na noite desta quarta-feira (27), o vice-presidente do Brasil, general Hamilton Mourão, disse que uma guerra civil na Venezuela é um ‘cenário possível’.

O cenário da guerra civil é um cenário possível, pela situação que o país vive”, afirmou Mourão, que relacionou a crise também à presença de “20 mil a 60 mil” cubanos colocados por Maduro em setores de inteligência e segurança da Venezuela, o que Mourão chamou de “força estranha”.

O que eu chamo de força estranha? São os cubanos”, comentou Mourão. “Os cubanos detêm o controle de todos os setores de Inteligência na Venezuela. Existe medo. ‘Medo’, foi essa a palavra que foi dita pelo presidente Guaidó”.

Mourão afirmou que vê a visita de Guaidó como estratégica para o reconhecimento do líder opositor diante dos venezuelanos. “Quer mostrar ao povo venezuelano que está sendo recebido pelo presidente da República do Brasil, um país limítrofe por quem os venezuelanos têm um carinho especial. Quer dar mensagem de que é reconhecido”, disse Mourão.

Por: revistaforum
Este espaço não tem, e nunca teve, fins lucrativos. As eventuais propagandas são veiculadas gratuitamente, isso quando acho que merecem divulgação. Diferente do que muitos pensam, não ganho e nunca ganhei nada por acessos e/ou outras formas, com exceção da Várzea Net, pois eles me fornecem a internet, e as vezes, bem eventualmente, recebo algumas pequenas doações. Faço esse trabalho com amor, e venho tentando, de alguma forma, desfazer o que a maioria da imprensa porca e parcial, da região, vem fazendo. Não acredito que uma imprensa que se diz imparcial fique ganhando de prefeituras e/ou de qualquer político para expor seus trabalhos ou até divulgar banners dos mesmos nesses sites e blogs ditos imparciais. Damos boas vindas e agradecemos a todos pela visita. Este site é dedicado a todos os Varzeanos que estão em outras cidades e estados do Brasil, e que sentem saudades de tudo de Bom que tem neste lugar (Várzea da Roça/BA). Fiquem a vontade para acompanhar ao máximo as notícias e informações aqui divulgadas. Aproveitem para ouvir a Rádio Ouricuri.
top ads

Nenhum comentário:

Obrigado pelo seu comentário. A área de comentários visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria e não troca de ofensas entre leitores. Comentários anônimos e com tons ofensivos, preconceituosos e que firam a ética e a moral não serão liberados.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site Val Bahia News.

top ads

ÚLTIMAS NOTÍCIAS DE VÁRZEA DA ROÇA:

[VÁRZEA DA ROÇA][stack]

ÚLTIMAS NOTÍCIAS DA REGIÃO:

[REGIÃO][stack]

ÚLTIMAS NOTÍCIAS DA POLÍTICA:

[POLÍTICA][stack]

ÚLTIMAS NOTÍCIAS DO ESPORTE

[ESPORTE][stack]

ÚLTIMAS NOTÍCIAS DO MEIO AMBIENTE:

[MEIO AMBIENTE][stack]