CAMPANHA MILIONÁRIA / Ana Hickmann e outros artistas escalados para defender reforma da previdência de Bolsonaro

A campanha do governo para defender a reforma da Previdência terá ações de merchandising em programas da TV aberta. As iniciativas, que fazem parte do plano de mídia preparado pela Secretaria Especial de Comunicação Social (Secom), serão veiculadas em todas as grandes emissoras abertas de alcance nacional (SBT, Record, RedeTV! e Band), com exceção da Globo.
A campanha do governo para defender a reforma da Previdência terá ações de merchandising em programas da TV aberta
As ações de merchandising acontecem quando o próprio apresentador do programa explica como funciona o produto ou serviço que está sendo oferecido.

Segundo reportagem do jornal "Meio & Mensagem", já estão escalados para as ações os apresentadores Milton Neves e José Luiz Datena (Band), Luciana Gimenez (RedeTV), Ratinho (SBT), Rodrigo Faro, Ana Hickmann e Renata Alves (Record).

Ainda de acordo com o jornal, a Secom não incluiu a Globo nesta etapa da campanha por causa de regras da política comercial da emissora, que proibiriam a participação de seus apresentadores em merchandising de ações do governo.

Campanha de R$ 40 milhões
A campanha pela reforma da Previdência foi criada pela agência Artplan. O governo investirá R$ 40 milhões na iniciativa, valor considerado dentro dos padrões para uma campanha deste porte, com alcance nacional.

Um dos filmes da campanha já está no ar desde março (veja abaixo). Os novos comerciais serão veiculados em rádio, televisão, jornais e internet, com o slogan "Nova Previdência, pode perguntar". Diferentemente das ações de merchandising, os comerciais vão aparecer também no intervalo de programas da Rede Globo.

PSOL tenta barrar merchandising
O PSOL afirmou que tentará proibir a veiculação da campanha porque a "iniciativa do governo fere o artigo 37 da Constituição Federal e outras legislações". Segundo o partido, "a ação será fundamentada no desvio de finalidade e abuso de autoridade". Além do veto da campanha, haverá o pedido da retirada da publicidade que já foi divulgada.

O PSOL afirmou que a decisão foi tomada justamente pela previsão das ações de merchandising nos programas de televisão. Para o partido, "o merchandising se caracteriza como propaganda subliminar que tenta induzir as pessoas a aceitar ou consumir algo por indicação de outra pessoa".

Por: uol
Este espaço não tem, e nunca teve, fins lucrativos. As eventuais propagandas são veiculadas gratuitamente, isso quando acho que merecem divulgação. Diferente do que muitos pensam, não ganho e nunca ganhei nada por acessos e/ou outras formas, com exceção da Várzea Net, pois eles me fornecem a internet, e as vezes, bem eventualmente, recebo algumas pequenas doações. Faço esse trabalho com amor, e venho tentando, de alguma forma, desfazer o que a maioria da imprensa porca e parcial, da região, vem fazendo. Não acredito que uma imprensa que se diz imparcial fique ganhando de prefeituras e/ou de qualquer político para expor seus trabalhos ou até divulgar banners dos mesmos nesses sites e blogs ditos imparciais. Damos boas vindas e agradecemos a todos pela visita. Este site é dedicado a todos os Varzeanos que estão em outras cidades e estados do Brasil, e que sentem saudades de tudo de Bom que tem neste lugar (Várzea da Roça/BA). Fiquem a vontade para acompanhar ao máximo as notícias e informações aqui divulgadas. Aproveitem para ouvir a Rádio Ouricuri.
top ads

Nenhum comentário:

Obrigado pelo seu comentário. A área de comentários visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria e não troca de ofensas entre leitores. Comentários anônimos e com tons ofensivos, preconceituosos e que firam a ética e a moral não serão liberados.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site Val Bahia News.

top ads

ÚLTIMAS NOTÍCIAS DE VÁRZEA DA ROÇA:

[VÁRZEA DA ROÇA][stack]

ÚLTIMAS NOTÍCIAS DA REGIÃO:

[REGIÃO][stack]

ÚLTIMAS NOTÍCIAS DA POLÍTICA:

[POLÍTICA][stack]

ÚLTIMAS NOTÍCIAS DO ESPORTE

[ESPORTE][stack]

ÚLTIMAS NOTÍCIAS DO MEIO AMBIENTE:

[MEIO AMBIENTE][stack]