ECONOMIA / Puxada pela carne, inflação de 2019 no Brasil fica acima do centro da meta do governo

Puxada pela alta da carne, a inflação no Brasil encerrou 2019 em 4,31%, resultado acima do centro da meta do governo, de 4,25%, mas dentro da margem de tolerância de 1,5 ponto percentual.

Puxada pela alta da carne, a inflação no Brasil encerrou 2019 em 4,31%, resultado acima do centro da meta do governo, de 4,25%, mas dentro da margem de tolerância de 1,5 ponto percentual.
REUTERS/Nacho Doce
O resultado do IPCA (Índice de Preços ao Consumidor Amplo), que mede a inflação oficial do país, foi divulgado nesta sexta-feira (10) pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística). É a primeira vez que a taxa fica acima do centro da meta desde 2016, quando a inflação foi de 6,29%.

Em 2018, o índice foi de 3,75%, ou seja, houve um aumento de 0,56 em 2019. A carne teve alta de 32,4% no ano passado, enquanto o feijão subiu 55,99%, contribuindo para o acréscimo da inflação.

No final do ano, os preços da carne explodiram em função da forte demanda externa da China e a desvalorização do real, fazendo muitos brasileiros mudarem o cardápio. Somente em dezembro, o alimento subiu 18,06%.

Maior inflação em dezembro desde 2002
A inflação do mês foi de 1,15%, após fechar novembro em 0,51%. É o maior resultado para dezembro desde 2002, quando o IPCA registrou 2,1%. Em 2018, o índice nesse mês foi de 0,15%.

Mas não foi apenas os alimentos que subiram, todas as categorias de gastos ficaram mais caras no ano passado, com exceção de artigos de residência, como itens de decoração.

Os jogos de azar, por exemplo, tiveram alta de 40,35%, enquanto os planos de saúde cresceram 8,24%, em função de reajuste autorizado pela  ANS (Agência Nacional de Saúde Suplementar).

Além disso, habitação aumentou 6,37%, transporte 3,57% e educação 4,75%. Os alimentos tiveram alta de 6,37%.

Para 2020, economistas de instituições financeiras projetam um IPCA de 3,60%, segundo a pesquisa Focus, do Banco Central. Nesse ano, o centro da meta será de 4%, índice 0,25 menor do que em 2019. A previsão é de que a carne não impacte tanto na inflação, mas os preços do produto não devem baixar muito.

Por: sputniknews
Este espaço não tem, e nunca teve, fins lucrativos. As eventuais propagandas são veiculadas gratuitamente, isso quando acho que merecem divulgação. Diferente do que muitos pensam, não ganho e nunca ganhei nada por acessos e/ou outras formas, com exceção da Várzea Net, pois eles me fornecem a internet, e as vezes, bem eventualmente, recebo algumas pequenas doações. Faço esse trabalho com amor, e venho tentando, de alguma forma, desfazer o que a maioria da imprensa porca e parcial, da região, vem fazendo. Não acredito que uma imprensa que se diz imparcial fique ganhando de prefeituras e/ou de qualquer político para expor seus trabalhos ou até divulgar banners dos mesmos nesses sites e blogs ditos imparciais. Damos boas vindas e agradecemos a todos pela visita. Este site é dedicado a todos os Varzeanos que estão em outras cidades e estados do Brasil, e que sentem saudades de tudo de Bom que tem neste lugar (Várzea da Roça/BA). Fiquem a vontade para acompanhar ao máximo as notícias e informações aqui divulgadas. Aproveitem para ouvir a Rádio Ouricuri.
top ads
top ads

Nenhum comentário:

Obrigado pelo seu comentário. A área de comentários visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria e não troca de ofensas entre leitores. Comentários anônimos e com tons ofensivos, preconceituosos e que firam a ética e a moral não serão liberados.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site Val Bahia News.

top ads

ÚLTIMAS NOTÍCIAS DE VÁRZEA DA ROÇA:

[VÁRZEA DA ROÇA][stack]

ÚLTIMAS NOTÍCIAS DA REGIÃO:

[REGIÃO][stack]

ÚLTIMAS NOTÍCIAS DA POLÍTICA:

[POLÍTICA][stack]

ÚLTIMAS NOTÍCIAS DO ESPORTE

[ESPORTE][stack]

ÚLTIMAS NOTÍCIAS DO MEIO AMBIENTE:

[MEIO AMBIENTE][stack]