POLÍTICA / Coronel revela pressão da família Bolsonaro para encerrar CPMI das Fake News

Segundo o presidente do colegiado, foi necessária uma manobra para garantir que a comissão não fosse encerrada após negociações do Planalto com senadores

CPMI das Fake News
Foto: Roque de Sá/Agência Senado
O senador Angelo Coronel (PSD-BA) declarou hoje (5) que tem recebido muita pressão por parte da família do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) para encerrar os trabalhos da Comissão Parlamentar Mista de Inquérito (CPMI) das Fake News. O colegiado investiga a atuação do chamado gabinete do ódio, que está ligado diretamente aos filhos do presidente. Segundo Coronel, foi necessária uma manobra para garantir que a comissão não fosse encerrada após negociações do Planalto com senadores.

"Estamos tendo pressão para isso acabar, principalmente por parte da presidência da República, que foram os artífices para terminar essa CPMI agora no mês de abril. Recebi ligação do Planalto quase 0h, no prazo final do dia 14 de abril, para retirar meu requerimento de prorrogação. Não tirei, mas conseguiram tirar várias assinaturas de senadores que se renderam aos pedidos do Planalto. Retiraram achando que iria acabar naquela noite. Mas esqueceram que o bom baiano sempre tem uma carta na manga", contou Coronel, em entrevista à Rádio Metrópole hoje (5), durante o Jornal da Bahia no Ar. "Eu tinha sete assinaturas extras e coloquei faltando um minuto e conseguimos ter as assinaturas mínimas para sua prorrogação no número de senadores, já que na Câmara não mexeram", acrescentou.

Coronel questionou o ímpeto de um dos filhos do presidente, Eduardo Bolsonaro (PSL-SP), que entrou com um mandado de segurança para tentar barrar a CPMI e sua renovação. "Sempre me pergunto e pergunto para as pessoas do governo: do que é que vocês têm medo? Estão com medo que a CPMI chegue aonde? Por que essa pressão para acabar nosso trabalho? Eles ficam tergiversando sobre a pandemia. Mas a verdade é que eles têm problema. Ontem recebi um relatório, absurdo, com infográficos sobre os bots, perfis falsos e contas falsos que atacam sua reputação", declarou o senador.

Por: metro1
Este espaço não tem, e nunca teve, fins lucrativos. As eventuais propagandas são veiculadas gratuitamente, isso quando acho que merecem divulgação. Diferente do que muitos pensam, não ganho e nunca ganhei nada por acessos e/ou outras formas, com exceção da Várzea Net, pois eles me fornecem a internet, e as vezes, bem eventualmente, recebo algumas pequenas doações. Faço esse trabalho com amor, e venho tentando, de alguma forma, desfazer o que a maioria da imprensa porca e parcial, da região, vem fazendo. Não acredito que uma imprensa que se diz imparcial fique ganhando de prefeituras e/ou de qualquer político para expor seus trabalhos ou até divulgar banners dos mesmos nesses sites e blogs ditos imparciais. Damos boas vindas e agradecemos a todos pela visita. Este site é dedicado a todos os Varzeanos que estão em outras cidades e estados do Brasil, e que sentem saudades de tudo de Bom que tem neste lugar (Várzea da Roça/BA). Fiquem a vontade para acompanhar ao máximo as notícias e informações aqui divulgadas. Aproveitem para ouvir a Rádio Ouricuri.
top ads
top ads

Nenhum comentário:

Obrigado pelo seu comentário. A área de comentários visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria e não troca de ofensas entre leitores. Comentários anônimos e com tons ofensivos, preconceituosos e que firam a ética e a moral não serão liberados.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site Val Bahia News.

top ads

ÚLTIMAS NOTÍCIAS DE VÁRZEA DA ROÇA:

[VÁRZEA DA ROÇA][stack]

ÚLTIMAS NOTÍCIAS DA REGIÃO:

[REGIÃO][stack]

ÚLTIMAS NOTÍCIAS DA POLÍTICA:

[POLÍTICA][stack]

ÚLTIMAS NOTÍCIAS DO ESPORTE

[ESPORTE][stack]

ÚLTIMAS NOTÍCIAS DO MEIO AMBIENTE:

[MEIO AMBIENTE][stack]